terça-feira, 24 de maio de 2011

Serissa.






Nome Científico: Serissa foetida


Sinonímia: Serissa japonica

Nome Popular: Serissa, Árvore-das-mil-estrelas, Mil-estrelas

Família: Rubiaceae

Divisão: Angiospermae

Origem: Ásia

Ciclo de Vida: Perene

A serissa é um pequeno arbusto, de folhas perenes e abundante floração. É muito ramificada e de crescimento compacto, sendo ideal para a formação de bonsai. Suas folhas são bem pequenas, brilhantes e de cor verde na espécie típica. Ocorrem ainda formas "Variegatas", com folhas de margens cor branco, creme e amarelas. A floração ocorre na primavera e verão, despontando numerosas flores miúdas, de cor branca a rosa, de acordo com a cultivar. As flores tem o formato de estrela, o que lhe rendeu o nome popular de "Mil-estrelas".

No jardim a serissa pode se conduzida como arbusto topiado, podendo ser utilizado isolado, em conjunto com outras plantas, ou em grupos, para delimitar caminhos em bordaduras ou na formação de sebes baixas. Pode ser plantada em vasos e jardineiras, sendo muito utilizada assim para bonsai. É uma planta muito rústica e sua manutenção é baixa, exigindo apenas pouca adubação e podas de formação após a floração. Curiosidade: Os ramos e raízes da serissa, quando manuseados e cortados, exalam um cheiro fétido, nauseabundo.

Deve ser cultivada sob meia sombra ou luz difusa, em solo fértil, bem drenável e irrigado a intervalos regulares. Para uma intensa floração necessita de sol direto, mas precisa ser protegida nas horas mais quentes do dia, principalmente no verão. Aprecia umidade ambiental, mas não tolera encharcamentos. Tolerante ao frio subtropical e podas drásticas. Não gosta de ser mudada de ambiente. Em situações de estresse, como mudanças e frio intenso, pode amarelar e perder as folhas, mas é capaz de rebrotar. Multiplica-se facilmente por estacas de ponteiro ou semilenhosas, postas para enraizar na primavera. É possível enraizar estacas em copos com água.

FONTE:http://www.jardineiro.net/br/index.php

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Euterpe olearacea Mart.

Pequeno, redondo e de cor azul-noite, quase negro, o açaí pode ser considerado a pérola da Amazônia. O açaizeiro faz parte da família da...