Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens de Julho, 2010

FLOR VERMELHA DA CALIANDRA.

FLOR DO BOLDO.

JARDIM RODRIGO SANCHEZ.

FLOR DA CALIANDRA.

JARDIM RODRIGO SANCHEZ.

Pesquisadores identificam planta capaz de neutralizar o veneno da surucucu.

Pesquisadores identificam planta capaz de neutralizar o veneno da surucucu:

Uma pesquisa inédita da UFF (Universidade Federal Fluminense) identificou uma planta capaz de neutralizar o veneno da cobra surucucu, uma das mais letais e a maior serpente venenosa da América do Sul.

O estudo de Rafael Cisne e André Fuly analisou as propriedades antiofídicas de 12 plantas brasileiras e descobriu que o extrato da S. barbatiman se mostrou totalmente eficaz contra o veneno da cobra surucucu, inclusive depois de submetido ao aquecimento de 80°C, oferecendo a mesma proteção.

Popularmente conhecida como 'barbatimão', 'barba-de-timão' ou 'casca da virgindade', a planta também possui outras atividades terapêuticas como cicatrizante, anti-hemorrágica e antimicrobiana.

Os acidentes com cobras são hoje combatidos com o soro antiofídico, mas eles apresentam vários efeitos colaterais, além de custos altos e dificuldades na distribuição, devido à exigência de conservação em baixas tempe…

DUDA SENTIREMOS SUA FALTA !!

Quem ja não perdeu um cão, o meu é o 4º, Duda tenho uma coisa a dizer obrigado pelo momentos de Alegria ao seu lado, obrigado pela brincadeiras junto a vc, que vc descanse em paz e se junte a Lessi, Dara, Laica, que deus a tenha aonde vc estiver, Obrigado do fundo do eu coração!!
Sempre Lembrarei de vc , que saudade de vc!!
Te amamos !!!

A erva-mate contra o mal de Parkinson.

Esse efeito acaba de ser constatado por cientistas da Universidade do Extremo Sul de Santa Catarina. Depois de testar o extrato da planta em ratos induzidos à doença, eles observaram que algumas de suas substâncias mostraram-se capazes de protegê-los. Em outra investigação os animais receberam o fi toterápico com a medicação tradicional e os resultados foram ainda mais signifi cativos. Parte das cobaias chegou a recuperar completamente os movimentos. O estudo ainda é preliminar, mas já provou que a erva-mate pode ser utilizada na prevenção desse mal degenerativo e também como coadjuvante no tratamento, conta a farmacêutica Luciane Costa Campos, chefe da pesquisa.

FICHA DA PLANTA
Nome científico: Ilex paraguariensis St. Hilaire
Nomes populares: erva-mate, mate, erva-chimarrão, chá-do-brasil
Formas de consumo: na região Sul a bebida, bem concentrada, leva o nome de chimarrão; no Sudeste serve-se o chá quente e gelado; no Centro-Oeste seu nome é tereré, versão tropical do chimarrão, com gelo…

Um planeta sustentável começa dentro de casa.

Um planeta sustentável começa dentro de casa

Pode parecer exagero, mas um banho de 15 minutos é o bastante para estourar o consumo de água diário estabelecido pela ONU para atender as necessidades de consumo e higiene.

Esse simples banho de 15 minutos gera um gasto de 135 litros de água. Pelos padrões da ONU, o consumo deveria ficar em torno de 110 litros diários por pessoa.

Levando à conta os gastos de água para fazer comida, lavar a louça, escovar os dentes, lavar a roupa, regar as plantas, ingerir na hora de matar a sede... pronto. O consumo médio por pessoa é sinônimo de desperdício.

A única saída é educar e estabelecer regras que comecem dentro de casa. Veja a seguir as principais delas:

1. No banheiro

Banho
Ele deve ser rápido. Ligue a água para se molhar, feche o registro e se ensaboe. Depois abra o registro e tire a espuma. Habitue-se a usar uma bacia sob os pés para armazenar a água do banho e depois usá-la para lavar o quintal, por exemplo.
A água que cai do chuveiro também pode s…

Schizolobium parahyba ou Guapuruvu

Nome Científico: Schizolobium parahyba
Sinonímia: Caesalpinia parahyba, Cassia parahyba, Schizolobium amazonicum, Schizolobium excelsum, Schizolobium glutinosum, Schizolobium kellermanii
Nome Popular: Guapuruvu, Bacurubu, Bacuruvu, Badarra, Bacuruva, Birosca, Faveira, Ficheira, Gapuruvu, Garapuvu, Guarapuvu, Guavirovo, Gabiruvu, Igarapobu, Pau-de-vintém, Pataqueira, Pau-de-canoa, Paricá, Pau-de-tamanco, Guapiruvu
Família: Fabaceae
Divisão: Angiospermae
Origem: Brasil
Ciclo de Vida: Perene
O guapuruvu é uma árvore decídua de grande porte, podendo atingir facilmente 30 metros de altura. Ela ocorre naturalmente na floresta ombrófila densa e estacional decidual. Seu tronco é retilíneo, com ramificações apenas no alto. A casca é cinzenta, com cicatrizes provocadas pela queda das folhas e lenticelas. Sua copa é alta e aberta, de pouca sombra. As folhas são alternas, grandes, com cerca de 1 metro de comprimento, e caem com o passar do tempo. Elas são compostas bipinadas, com folíolos pequenos, elíp…

Lixo urbano como fonte de energia

Lixo urbano como fonte de energia
Autor: Anita Cid - Data: 30/6/2010

excesso de lixo e o que fazer com ele é um problema constantemente retratado pela mídia e especialmente aqui na revista AuE Paisagismo Digital. No entanto, este problema está se tornando a solução para outro problema: a geração de energia.

O agravamento dos problemas ambientais em todo o globo indica que o uso de combustíveis fósseis como o petróleo e o gás natural devem ser substituídos por fontes renováveis de energia; os transtornos causados pela formação de grandes represas vêm tornando cada vez mais difícil a viabilização de empreendimentos de hidroeletricidade; alternativas como energia eólica e solar ainda são caras. Diante disso, surgem novas opções, dentre elas a utilização dos gases provenientes do lixo.

Do outro lado, a intensificação das atividades humanas nas últimas décadas tem gerado um acelerado aumento na produção de lixo urbano, tornando-se um grave problema para as administrações públicas. O aumento …

Browallia americana ou Brovália Azul

Nome Científico: Browallia americana
Sinonímia: Browallia viscosa, Browallia elata
Nome Popular: Brovália, Brovália Azul
Família: Solanaceae
Divisão: Angiospermae
Origem: América Latina
Ciclo de Vida: Perene
A brovália é um pequeno arbusto muito florífero que vem se popularizando devido à sua rusticidade e beleza. Seu caule é ramificado, de textura herbácea, formando pequenas moitas que alcançam de 40 a 60 cm de altura, por 50 cm de largura. As flores tem o formato de estrela e são geralmente azuis, com o centro branco e piloso. Ocorrem ainda variedades de flores violáceas e brancas. A floração se estende pela primavera e verão. Por sua semelhança com a planta "não-se-esqueças-de-mim" (Myosotis alpestris), a brovália recebeu o nome de "não-se-esqueças-de-mim-da-jamaica".

No paisagismo, a brovália pode ser utilizada em maciços e bordaduras. Sua beleza é modesta, informal e descontraída, e apesar de ser anual, seu florescimento é profuso e duradouro. O tom de azul de suas fl…

Projeto Rodrigo Sanchez.

Moringa oleífera

Moringa oleifera pertence à família Moringaceae, que é composta apenas de um gênero (Moringa) e quatorze espécies conhecidas. Nativa do Norte da Índia, cresce atualmente em vários países dos trópicos. É um arbusto ou árvore de pequeno porte, de crescimento rápido, que alcança 12m. de altura. Possui uma copa aberta, em forma de sombrinha e usualmente um único tronco. As flores que emergem em panículas,são de cor creme, perfumadas, muito procuradas pelas abelhas.

A planta é conhecida por vários nomes comuns, de acordo com os diferentes usos. Para alguns, é conhecida como 'baqueta' em razão da forma dos seus frutos que representam um alimento básico na Índia e na África. Em algumas partes do oeste da África, é conhecida como "a melhor amiga da mãe" como uma indicação de que a população local conhece muito bem todo o seu valor. A planta produz uma diversidade de produtos valiosos dos quais as comunidades locais fazem uso por centenas, talvez milhares de anos.

Os frutos …