Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens de Julho, 2011

Mangueira

Nome Científico: Mangifera indica


Sinonímia: Mangifera domestica, Mangifera sativa

Nome Popular: Manga, Mangueira

Família: Anacardiaceae

Divisão: Angiospermae

Origem: Ásia

Ciclo de Vida: Perene

A manga é o fruto da mangueira, uma árvore longeva, de copa densa, perene e muito frondosa, que pode alcançar 30 metros de altura. Seu tronco é largo, e apresenta casca escura, rugosa e látex resinoso. As folhas são coriáceas, lanceoladas, com 15 a 35 cm de comprimento. Avermelhadas quando jovens e verdes com nervuras amarelas quando maduras. De floração abundante e ornamental, a mangueira apresenta inflorescências paniculadas e terminais, com flores pequenas e polígamas.
As mangas são frutos muito bonitos, perfumados, do tipo drupa, de formato ovóide-oblongo, mais ou menos alongado, de acordo com a variedade. Sua casca é fina, porém resistente, e pode apresentar cores diversas entre o verde, vermelho, rosa, amarelo ou laranja, com ou sem manchas pretas. A polpa é originalmente fibrosa, suculent…

200 PUBLICAÇÕES !!!!

Olá, Bom dia, gostaria agradecer a todos por essa marca importante no Blog, agradeço a todos que leem as publicações que coloco em meu blog, esse blog é feito para vocês mesmo, pesquiso sobre essas plantas para vocês mesmo.
Obrigado Blogueiros, Obrigado mesmo de Coração.

Miniabóbora ou (Cucurbita pepo)

Á primeira vista, a miniabóbora parece só um enfeite para pratos requintados. Porém, ela é mais do que isso. Trata-se de uma iguaria das mais festejadas pela alta gastronomia. Dá até pena de cortar a tampa desta delicada abobrinha e tirar sementes para colocar apetitosos recheios antes de leva-la ao forno. Mas quem supera essa etapa não se arrepende. Nos Estados Unidos, as miniabóroras são divertimento para a criançada na criação das famosas Jack O'Lantern, as lanterninhas usadas no Halloween, o dia das Bruxas que ocorre todo ano em 31 de Outubro. Divertimento maior ainda, para crianças e adultos é ver a plantinha crescer, florescer e produzir suas abóboras. Para isso, não é preciso muito espaço. Apesar de atingir 4m de comprimento, os ramos da miniabóbora podem ser conduzidos em treliças, tudo por conta das gravinhas que se agarram nas estruturas. Um local que recebe sol boa parte do dia, um vaso com substrato rico em nutrientes e estacas para sustentação são suficientes para com…

Eucalipto Vermelho ou (Corymbia ficifolia)

Nativo de uma região, próxima a cidade de Walpole, na Austrália, o Eucalipto Vermelho "explode" com suas inflorescências de inúmeras flores vermelhas ao longo do verão. Podem ser brancas ou rosas e graças a elas, a planta é cultivada em parques e jardins, isolada ou em grupos. Árvore típica de clima subtropical, apresenta crescimento lento, e alcança até 15 m de altura. Prefere solo arenoso com cascalho, mas se adapta a outros tipos.
FONTE: Revista Natureza, Pág:11, Ed:277, Janeiro de 2011

Árvore-guarda-chuva.

Nome Científico: Schefflera actinophylla


Sinonímia: Brassaia actinophylla, Allophylus actinophylla

Nome Popular: Árvore-guarda-chuva, Cheflera, Árvore-polvo, Brassaia, Cheflera-da-folha-grande

Família: Araliaceae

Divisão: Angiospermae

Origem: Austrália, Nova Guiné, Java

Ciclo de Vida: Perene

A árvore-guarda-chuva é uma planta nativa de florestas tropicais úmidas da Indonésia e Oceania. Apresenta tronco ereto, único ou pouco ramificado, e raízes agressivas e superficiais, que afloram a superfície do solo nas árvores mais velhas. Suas folhas são grandes, compostas, digitadas, com sete folíolos pêndulos, elípticos a ovalados, brilhantes, de cor verde escura e textura semelhante ao couro. As inflorescências surgem no final da primavera e início do verão e são muito grandes e vistosas, despontando acima da folhagem. Elas são do tipo rácemo, com longas divisões recobertas por mais de mil flores pequenas, de cor vermelha. Os frutos que se seguem são globosos, pequenos e vermelhos, contendo 1…