sexta-feira, 26 de março de 2010

Palmeira-laca - Cyrtostachys renda





Nome Científico: Cyrtostachys renda
Sinonímia: Cyrtostachys lakka
Nome Popular: Palmeira-laca, Palmeira-laca-vermelha, Palmeira-vermelha, Palmeira-lacre, Palma-de-cera, Palmeira-de-cera
Família: Arecaceae
Divisão: Angiospermae
Origem: Malásia, Indonésia, Tailândia, Bornéu e Sumatra
Ciclo de Vida: Perene
A palmeira-laca é uma planta tropical de grande efeito paisagístico, que chama a atenção pelo colorido vermelho vivo dos pecíolos e bainhas foliares. Ela apresenta múltiplos estipes (caules) verdes, anelados, lisos, entouceirados, com diâmetro de 5 a 7 centímetros e altura de até 6 metros cada, podendo chegar a 9 metros nas ilhas de onde é nativa. As folhas são pinadas, arqueadas, verdes, com cerca de 50 folíolos lineares, e pecíolos e bainhas de cor vermelha ou laranja, de acordo com a variedade. A inflorescência é ramificada, e sua cor, inicialmente verde, vai gradativamente se tornando vermelha. Os frutos são do tipo drupa, oblongos e negros quando maduros.

A palmeira-laca é perfeita para composições de paisagismo tropical. No jardim, ela pode ser utilizada isolada, como destaque, ou em grupos, como em maciços ou renques ao longo de caminhos e muros. O vermelho vibrante em contraste com o verde das folhas quebra a monotonia de verde que às vezes toma conta de jardins tropicais. Quando jovem, pode ser plantada em vasos, adornando varandas, pátios e mesmo em interiores bem iluminados. Também é indicada para jardins litorâneos, por tolerar a salinidade do solo.

Deve ser cultivada sob sol pleno ou meia-sombra, em solo fértil, bem drenável, enriquecido com matéria orgânica e irrigado regularmente. Planta tipicamente tropical, aprecia o calor e a umidade e é muito sensível ao frio. Em regiões com estações bem marcadas, a palmeira-laca pode ser conduzida em interiores e estufas durante o inverno e voltar para o jardim na primavera e verão. É capaz de tolerar encharcamentos, mas não resiste a estiagem. Multiplica-se por sementes, preferencialmente recém colhidas, e divisão das touceiras. As sementes germinam em um período que varia dois meses até um ano.

FONTE: http://www.jardineiro.net/br/banco/cyrtostachys_renda.php

Euterpe olearacea Mart.

Pequeno, redondo e de cor azul-noite, quase negro, o açaí pode ser considerado a pérola da Amazônia. O açaizeiro faz parte da família da...