sexta-feira, 26 de fevereiro de 2010

Plantas para todos



O Sistema único de Saúde passara a custear seis novos medicamentos à base de espécies brasileiras , eles serão disponibilizados pela rede pública para tratar problemas como constipação e dor nas costas.
Uma seleção de fitoterápicos prestigiados do meio científico ganha o apoio das autoridades brasileiras para desembarcar nos postos de saúde do país. O SUS irá custear remédios desemvolvidos por laboratórios com base em plantas nativas,ampliando, assim, o arsenal terapêutico dos médicos."São produtos já registrados na Agência Nacional de Vigilância Sanitária, com garantia de segurança e eficácia", diz José Miguel do Nascimento Junior, diretor do Departamento de Assitência Farmacêutica do Ministério da Saúde.A decisão de adotá-las caberá as secretarias municipais e estaduais.

AS SEIS ESPÉCIES SÃO:
Alcachofra: Para dores abdominais relacionadas a problemas de fígado.
Garra-do-Diabo: Aplicação como anti-inflamatório para dor nas costas e osteoatrite.
Aroeira: Aplicação para infecções ginecológicas.
Isoflavona: Aplicação para sintomas de menopausa como fogachos.
Cáscara-Sagrada: Aplicação constipação.
Unha-de-Gato: Aplicação anti-inflamatóro para artrite reumatoide e osteoartrite.


Fonte: Revista Saúde ; Fevereiro de 2010 ; por Diogo Sponchiato.

Euterpe olearacea Mart.

Pequeno, redondo e de cor azul-noite, quase negro, o açaí pode ser considerado a pérola da Amazônia. O açaizeiro faz parte da família da...