domingo, 3 de agosto de 2008

ÁRVORE PATA DE VACA


Cultivada Por Rodrigo Sanchez.
Planta arbórea, de porte médio, a Pata-de-Vaca é originária da Ásia. Encontrada em regiões de clima temperado. Está aclimatada, especialmente, em matas secundárias e beiras de estrada, no Brasil, sendo muito comum no Sul. Seu nome botânico é Bauhinia fortificata Link , da família Luguminosae . Suas folhas apresentam um corte no centro, no sentido vertical até o meio, o que dá o aspecto e o nome de "Pata-de-Vaca". É constituído por esteróis, flavonóides - rutina e quercetina, pinitol, taninos, alcalóides, cumarinas.
Sua ação é diurética. Também é hipoglicemiante, conforme trabalho de pesquisa realizado no Chile, em ratos diabéticos, efeito verificado três horas após a administração da Pata-de-Vaca. Por via oral (12 mg/kg) ou intravenosa (5mg/kg), não fez diferença, o que mostra a boa absorção do extrato. Usado em ratos sadios não houve queda de taxa de açúcar, provando que o efeito hipoglicemiante da Pata-de-Vaca não existe por si só. Os flavonóides, identificados na Pata-de-Vaca, são os responsáveis pela ação sobre a permeabilidade capilar. É indicado, como fitoterápico, em casos de diabetes e elefantíase, como infuso a 2%, até seis xícaras de chá ao dia.Não tem efeitos colaterais nem contra-indicações, quando usado em doses terapêuticas. Como precaução, não se deve interromper a dieta específica para diabetes. Se o caso for gestação/lactação, só usar com recomendação médica.